Participe deste Blog, Seja Membro

sexta-feira, 17 de junho de 2011

SE NÃO NOS VERMOS MAIS....

Talvez não mais nos encontraremos, então gostaria de compartilhar com você algo maravilhoso e que transformou completamente a minha vida.

A vida é muito mais do que apenas trabalho, estudos, dinheiro e lazer nos fins-de-semana. A vida era para ser uma experiência muito prazerosa, e não uma existência vazia, como tem sido para muitos atualmente.

A Bíblia ensina que o propósito inicial da vida era a intimidade com o nosso Criador em um mundo originalmente perfeito e harmonioso. Isto foi possível porque Deus criou o homem à sua imagem(Gênesis 1:27), e compartilhou com ele suas próprias qualidades, inteligência, consciência existencial, personalidade, criatividade, etc...

Apesar deste ótimo começo, num dado momento o homem optou por contrariar as instruções divinas. As consequências foram imediatas. Essa desobediência, que a Bíblia chama de pecado, rompeu o relacionamento íntimo do homem com Deus (Gênesis 3). Essa ruptura resultou na morte humana e na separação eterna de Deus.

(Os homens) tendo conhecido a Deus, não glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. O salário do pecado é a morte.
Romanos 1:21, 3:23, 6:23

Assim temos vivido desde os tempos passados, em desobediência, engano, mentira, egoísmo, ganância, etc. Temos descartado Deus em nossa vida e o temos desagradado com nosso viver.

Apesar de tudo isso, Deus planejou restaurar nossa comunhão com Ele. Deus separou um inocente, um substituto para ocupar o lugar de pecadores declarados como eu e você.

Há mais de dois mil anos esse plano entrou em ação. Jesus Cristo, o Filho de Deus, tomou-se como um de nós. Ele viveu uma vida de pureza e perfeição diante de Deus e dos homens. Ou seja, Jesus preencheu todos os requisitos para se tornar o substituto perfeito para a humanidade. A sua morte na cruz não foi o fim trágico e acidental do maior mestre do Universo. Na verdade, ao morrer Jesus cumpriu o propósito de Deus, levando sobre si a punição da morte eterna que recairia sobre nós.

Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus.
 Romanos 5:8, João 2:16-17, I Pedro 3:18

Assim, Jesus, com seu sofrimento e morte, pagou totalmente o preço que todos nós, como pecadores, não tínhamos como pagar. Isso mostra o quanto Deus nos ama e nos quer novamente perto dele.

A ressurreição de Jesus provou que ele também derrotou a morte (Coríntios 15:1-8). Essa vitória não foi um beneficio apenas para si mesmo, mas para todos aqueles que creem nele. Assim, aqueles que creem em Jesus para o perdão dos pecados também ressuscitarão como ele ressuscitou e terão a vida eterna. (João 14.1-3)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Publicidade

Parceria Tecnogospel

Parceria

Pubicidade

Publicidade

Divulgue seu site visitas unicas

The Best Traffic Exchange

Mais divulgação de seu site

Geralinks

GeraLinks - Agregador de links

Mais ações nas suas Redes Sociais

Like Ub - Easyhits4u - Startxchange - Trafego Social Gratis.